CLASSIFICAÇÃO

OS REINOS DA VIDA
Texto de B. Gallavotti

Para pôr um pouco de ordem entre os milhões de diferentes tipos de organismos que vivem na Terra, os biólogos agruparam-nos em cinco grandes reinos, consoante a sua constituição e aquilo que sabem fazer. Ao primeiro reino, o dos monera, pertencem as bactérias, os primeiros organismos que apareceram no nosso planeta, constituídos por uma única célula muito simples.
A partir de algumas bactérias tiveram origem novos organismos, os protozoários, também constituídos por uma única célula, mas provida de um núcleo definido e muito mais complexa: pertencem ao segundo reino, o dos protistas.
Os vegetais, que tiveram origem nalguns protistas, formam o terceiro reino: cada vegetal e constituído por muitas células do novo tipo e obtém energia do Sol transformando dióxido de carbono, água e sais minerais em substancia orgânica. Sem eles, não existiriam nem os fungos nem os animais, porque estes não teriam nada de que se alimentar.
A partir de alguns antigos vegetais teve origem o reino dos fungos, organismos que perderam a capacidade de realizar a fotossíntese e se alimentam de substâncias orgânicas retiradas de organismos mortos ou de animais e plantas parasitadas, que são digeridas no seu exterior e posteriormente absorvidas. Os cogumelos que cozinhamos, por exemplo, são o corpo frutífero de alguns deles. Também os organismos que pertencem ao quinto reino, o dos animais, tiveram origem nos protistas e obtém a energia de que precisam comendo plantas, ou outros animais. Os animais conquistaram finalmente a capacidade de se movimentar, o que lhes permitiu desenvolver um comportamento muito mais complexo face a todos os outros organismos. É a este reino que nós pertencemos.

in Gallavotti, B. 1997. Segredos da Vida. DoGi. Itália.

© CienTIC - José Salsa, 2003 - optimizado para 1024 x 768